Grama sintética para futebol é tendência nas novas arenas

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

futebol grama sintetica arena

Já faz um certo tempo que a grama sintética para futebol tem sido uma forte tendência no mundo todo, estando presente em alguns dos mais importantes estádios de futebol do planeta. Essa preferência não é à toa – a grama artificial apresenta um rol de vantagens muito significativo quando comparado à grama natural. Confira!

Diminuição de custos com manutenção

Certamente este fator é um dos mais importantes no momento de fazer a troca da grama natural pelo gramado sintético. Com a manutenção reduzida graças à resistência da grama sintética, que, quando de boa qualidade, não necessita de reposição das placas que podem ser arrancadas durante o intenso uso, muitos clubes perceberam que poderiam economizar uma boa soma de recursos nesse quesito. Além disso, a grama sintética não demanda irrigação ou outros tratamentos com pesticidas e herbicidas, cuidados que encarecem a manutenção do gramado.

Resistência

A grama artificial é muito mais resistente ao uso intenso que normalmente ocorre nesse tipo de superfície. Além disso, estão sempre prontos para uso – até mesmo em partidas seguidas – e não precisam de intervalos para readequação do piso.

Conforto para o jogador

Gramas sintéticas para futebol precisam ter características específicas para que o atleta possa fazer seus movimentos de maneira mais segura, como arrancadas, giros de corpo, entre outros. Além disso, sua estrutura, que conta com funções antiderrapantes e de amortecimento, diminui as chances de escorregões e, em caso de quedas, a redução do impacto.

Condições climáticas não impactam na qualidade da grama sintética para futebol

É uma tendência que os estádios mais modernos apresentem cobertura sobre o gramado e arquibancadas. Nesse caso, a grama natural sofreria danos pela falta de luz solar. A grama sintética é uma excelente alternativa nesse caso – considerando que o investimento no gramado artificial é consideravelmente menor do que aplicar um teto retrátil na arena.

Conheça alguns estádios que passaram a utilizar a grama sintética para futebol:

Estádio Caliente (México)

Stade de Suisse (Suiça)

BC Place (Canadá)

LuzhnikiStadium (Rússia)

Arena da Baixada (Brasil)

Estádio do Bessa (Portugal)

Por que escolher a Sportlink para seu projeto com grama sintética para futebol?

A Sportlink aplica em seus projetos de arenas esportivas a grama artificial produzidas sob as normas do Fifa QualityConcept, apresentando excelentes condições de jogo e segurança aos atletas.

Conheça os projetos realizados pela Sportlink que envolvem grama sintética para futebol e faça um orçamento!

ENTRE-EM-CONTATO-SPORTLINK

Grama sintética para futebol é tendência nas novas arenas