Grama Sintética x Grama Natural: Praticidade e Cuidados

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Grama Sintética x Grama Natural

A disputa entre grama sintética x grama natural parece ser eterna. É uma dúvida que ronda praticamente todos que se encontram na posição de decidir entre uma ou outra, independente do fim proposto.

Mas mais importante que bater o martelo é colocar a pressa de lado e reunir informações acerca dos dois tipos de grama. Só com conhecimento decide-se com propriedade. Por isso fique atento a relação de praticidade e cuidados com os gramados artificiais e naturais.

Diferenças entre Grama Sintética x Grama Natural

A grama natural tem uma vantagem que jamais poderá ser substituída: o contato com a natureza. Nossos pés, quando em contato direto com a grama natural, têm suas terminações nervosas ligadas à terra.

Esse contato pode trazer alívio ao estresse durante a liberação de energia do corpo. Caminhar descalço sobre a grama de verdade é quase uma espécie de terapia natural.

Já a grama sintética possui vantagens capazes de virar o jogo a seu favor. Criada por volta dos anos 70 para ser usada no esporte, seu objetivo era justamente trazer benefícios quando comparada à grama natural.

Vantagens da Grama Sintética

A grama sintética se trata de um piso prático, limpo, saudável e aconchegante — ideal para quem busca uma alternativa diferenciada. Confeccionada a partir da mistura da grama artificial com vegetação natural, ela proporciona espaços realistas e funcionais.

Além de tudo, possui aplicação fácil e rápida, caindo bem em espaços internos ou externos. Mas, ao contrário da grama natural, ela dispensa a maioria dos incômodos presentes na vegetação de verdade.

A incidência de chuvas, por exemplo, não será mais um problema, já que a grama artificial não produz lama — e seca rapidamente.

Manutenção 0 longe dos Produtos Tóxicos

Isso mesmo. Esse tipo de piso não necessita daqueles cuidados e atenções que precisam ser proporcionados à grama natural. Chega de se preocupar com a iluminação do sol, irrigação frequente, adubação e fertilizantes ou corte periódico.

A grama sintética elimina o uso de pesticidas e inseticidas, o que contribui para o meio ambiente, e garante distância dos produtos tóxicos. Nem mesmo a carência de água existe, diminuindo desperdícios e otimizando seu uso.

Sem Dependência do Clima e Estação

Já imaginou ter um gramado perfeito durante o ano todo? Pois com a grama artificial não é preciso se preocupar com épocas de chuva ou de tempo seco.

Seu estado se mantém 100% sob qualquer temperatura ou estação do ano. Ela está sempre ideal para o uso, molhada ou seca.

Baixo Investimento e Diversas Possibilidades

Além de ser um investimento menor se comparada à grama natural, a grama sintética tem, em média, o seu retorno financeiro em até 5 anos. Tal cálculo é feito em cima de gastos frequentes com a vegetação natural.

Ela também traz a possibilidade de ser usada em diferentes lugares — muitos dos quais onde a grama natural não pega. Superfícies inclinadas, sem a incidência de sol direto ou até sobre pisos frios — em locais internos ou ao ar livre.

Fale com a Sportlink

A Sportlink é especializada na fabricação, manutenção e consultoria em projetos com grama sintética esportiva, sendo reconhecida pelo desempenho e qualidade de sua grama artificial para o segmento esportivo e recreativo. Referência no mercado, está pronta para atender diversas demandas relacionadas a grama artificial. Entre em contato e solicite um orçamento.

Entre em contato conosco e tire suas dúvidas!

ENTRE-EM-CONTATO-SPORTLINK

Grama Sintética x Grama Natural: Praticidade e Cuidados