Gramado natural ou gramado sintético no futebol: tem diferença?

Campo-de-futebol-e-grama-artificial

Quando estamos assistindo a uma partida pela televisão ou mesmo no estádio, é bastante agradável visualizar um gramado verdinho e intacto, mesmo após um uso intenso como acontece em um campo de futebol. Porém, além do visual, os jogadores sentem a diferença entre o gramado natural e o gramado sintético? Confira a seguir.

 

Grama-sintetica-e-gramado-artificial-SportlinkMaior estabilidade

Estudos técnicos realizados por instituições e universidades contratadas por entidades que controlam o esporte, como FIFA e UEFA, por exemplo, mostram que as características técnicas e táticas de uma partida de futebol disputada em um campo de gramado natural de boa qualidade não sofrem variações significativas quando realizada em um campo de grama artificial Quality PRO recomendado pela FIFA . O mesmo se observa em relação à probabilidade de lesões

Outras vantagens do gramado sintético para futebol

A decisão por instalar a grama sintética em estádios pode ser tornar necessária em diversos centros esportivos ao redor do mundo, já que cada vez mais se tem optado por cobrir os estádios de futebol. Dessa forma, a utilização de grama natural fica inviável, já que sem o contato com sol e ventilação, a superfície estará deteriorada em um curto espaço de tempo.

 

Gramado-artificial-sportlinkCusto de manutenção da grama sintética

Outro fator importante a favor da grama sintética é que seus custos de manutenção são incrivelmente mais vantajosos, já que podem ser dispensadas a poda, irrigação e replantio em caso de danificação – a superfície demanda apenas lavagem em água eventualmente.

Extremamente durável, consegue resistir a um uso intenso (como são os jogos de futebol) sem se deteriorar, estando imediatamente pronto a próxima partida.

 

Quer saber outras vantagens em instalar o gramado sintético para futebol em seu projeto de espaço esportivo? Entre em contato com a Sportlink e confira nossas soluções!

ENTRE-EM-CONTATO-SPORTLINK

Gramado natural ou gramado sintético no futebol: tem diferença?