A origem da grama sintética: você sabe como ela surgiu?

Campo de futebol com grama sintetica Sportlink
Todos sabem que a grama sintética é uma excelente opção à grama natural por ser mais prática, durável e com uma gama vasta de aplicações, como ambientes esportivos, playgrounds e jardins internos e externos, podendo inclusive ser instalada em locais onde a grama natural não consegue crescer. Porém, você sabe como ela foi inventada? Confira essa curiosidade!

Origem da década de 1960
A grama artificial começou a ser fabricada a partir da década de 1960, por uma iniciativa da Companhia Chemstrand (que passou a ser chamada posteriormente de Têxtil Monsanto), nos Estados Unidos.

O processo de manufatura da grama sintética se assemelha bastante aos métodos utilizados na indústria de carpetes, e desde que passou a ser fabricada vem pouco a pouco sendo aprimorada, fazendo com que o produto apresente características mais naturais possíveis, além de mais resistentes, através de novos materiais selecionados para a fabricação.

Atualmente, a grama sintética passa por diversos tratamentos químicos, que garantem grande resistência a raios ultravioletas e uso intenso, além de menos abrasivos, com uma textura cada vez mais semelhante a grama natural.

Materiais utilizados na fabricação da grama sintéticaCampo de futebol com grama artificial

A qualidade dos materiais é fator determinante para que a grama sintética atinja um alto desempenho e durabilidade. Normalmente, a grama sintética utiliza em sua base (que fica em contato com o solo) filamentos de fibra de poliéster, material de grande resistência. Já as lâminas da grama, no geral, são fabricadas em nylon ou polipropileno e cortadas em tiras através de um molde arredondado. Esse material também pode ser extrusado, o que resulta em lâminas (grama) que tem mais semelhança com a grama biológica.

Sistemas modernos de amortecimento e cuidadoso acabamento

O sistema de amortecimento da grama sintética é, no geral, fabricado a partir de compostos de borracha ou espuma de poliéster. Em alguns casos, utiliza-se granulado de borracha. Além disso, o fio que costura os painéis dos tecidos superiores é submetidos a rigorosos critérios de resistência, bem como a adesivo que terá a função de unir todas as camadas da grama artificial.

Quer saber como aplicar a grama sintética e como adaptá-lo ao seu projeto? Entre em contato com a Sportlink e conheça nossas soluções!

Ou por telefone: 11 3034-5250

ENTRE-EM-CONTATO-SPORTLINK

A origem da grama sintética: você sabe como ela surgiu?