5 mitos sobre Grama Sintética que precisam ser desvendados

Considerado um material extremamente inovador, a grama sintética vem conquistando, a cada dia, mais destaque nas arenas e campos para prática de diversos esportes, incluindo o futebol até o rugby, passando pelo hóquei e o futebol society. Mesmo tendo sido desenvolvido com base em alta tecnologia – que confere maior durabilidade e resistência ao material –  o gramado sintético ainda é alvo de muitos mitos, os quais vamos esclarecer neste artigo.

 grama sintética

Grama sintética é de manutenção difícil e cara

Este é um dos mitos mais comuns que se ouve sobre o piso sintético. Na realidade, o gramado sintético oferece muitos mais benefícios do que se pode imaginar. Além de ser de fácil instalação, tem uma manutenção bem menor do que se comparada à grama natural, porque dispensa o uso de irrigação, de pesticidas e outros produtos e cuidados exigidos pelo gramado natural.

O gramado sintético só pode ser instalado em terrenos planos

Mais uma ideia falsa que se construiu em torno da grama sintética ao longo dos anos.  A grama sintética pode ser instalada em terrenos dos mais variados tipos, desde os mais irregulares até os espaços menos acessíveis.

Piso de gramado sintético prejudica o meio ambiente

Outro mito que precisa ser desvendado com um sonoro “não” como resposta. Os gramados em versão sintética não prejudicam o meio ambiente. Pelo contrário! Eles são ambientalmente amigáveis, pois não exigem o uso de produtos químicos, que oferecem o risco de contaminação do solo e dos lençóis freáticos.

O material também requer um consumo e água muito menor do que a grama natural, assim como reduz o consumo de luz, uma vez que dispensam o uso de cortadores de grama elétricos.

A grama sintética é tóxica e pode causar prejuízos à saúde

Os índices de toxicidade normalmente estão embasados em testes de laboratório para analisar o uso de solventes e o comportamento do material sob altas temperaturas, além de outros fatores que são avaliados.

Contudo, após alguns estudos específicos, os institutos internacionais de saúde atestaram que muitos dos agentes químicos e biológicos encontrados nas mantas sintéticas são os mesmos com os quais temos contato diariamente no meio ambiente, e que têm efeito insignificante na saúde dos esportistas e demais usuários.

O gramado natural é mais bonito que o sintético

A grama sintética é muito semelhante a um gramado natural bem cuidado e conservado, pois ambos têm aparência uniforme e sempre verde. Essa aparência bonita o ano todo nem sempre é uma característica da grama natural, visto que está sujeita às alterações climáticas, como chuvas e mudanças de temperatura.

Entre em contato conosco e solicite um orçamento!

5 mitos sobre Grama Sintética que precisam ser desvendados